Treinamentos com pesos não são como piquenique ou uma caminhada no parque

Treinamentos com pesos não são como piquenique ou  uma caminhada no parque
agosto 26 01:12 2015

Treinamentos com pesos não são como piquenique ou uma caminhada no parque; é cansativo, mesmo quando feito corretamente tem você trilhando entre as linhas do crescimento e dos riscos de lesões. Se você treina intensamente, você pode acabar tendo alguma lesão muscular. Passar do seu limite é onde o crescimento muscular acaba sendo minimizado.

Lesões Musculares estão no caminho de qualquer atleta descuidado. Há diversos perigos sobre o esforço feito para levantar todos aqueles pesos com toda sua força. Mas afinal como você vai conseguir músculos maiores então? O caminho mais curto para se conseguir um corpo bem malhado e grande, é descobrindo onde está o seu limite, para assim evitar com que as lesõesmusculares aconteçam. Você pode fazer isso prestando bastante atenção às reações do seu corpo e fazendo ajustes apropriados no seu treinamento. Aqui vão as 10 mais comuns causas de danos nos treinos.

  1. Técnica Incorreta

    A lesão mais comum em musculação é a maneira incorreta de se fazer um exercício. Fazer um exercício de maneira errada pode lesionar seus músculos mais rápido do que você pode imaginar.

Cada corpo humano tem uma biomecânica muito especifica. Braços e pernas podem se mover apenas em certas direções ao se levantar um peso. Tente se tornar perfeccionista e respeitar a integridade do exercício – sem se mexer muito, sem mudança de posição enquanto levanta-se um peso. Domine isso e não terá problemas.

  1. Peso excessivo

    Tentar levantar muito peso em um exercício, além do que você está acostumado, é certeza de lesões musculares. Quando o peso está excessivo: você não consegue subir o peso depois de abaixá-lo; você não consegue fazer o exercício sem mexer outras partes do corpo, além das que você está exercitando. Se estiver muito pesado, diminua um pouco o peso para evitar lesões.

  1. Auxílio incorreto por um parceiro de treino

    Quando você levanta algo, você chegará a um ponto específico onde precisará de um ajudante para te auxiliar no exercício. Quando você trabalha além do que você está apto a trabalhar, você normalmente sofre bastante. Não há nada de errado com isso – este é um sinal de que você está no seu limite, o que é um ótimo sinal se não for além do que você suporta. Sempre que tentar levantar um peso além do que você está acostumado, você precisará de alguém ao lado para te ajudar quando você “travar” no meio daquela série. Um bom parceiro tem que ser forte, e atento a qualquer possibilidade de falha de sua parte, portanto ele não poderá estar distraído e nem brincando com os outros amigos.

  1. Uso indevido de um treino muito forçado

    Treino forçado é uma técnica mais avançada que permite ao atleta treinar acima do seu normal. Indo além do seu limite, omúsculo é literalmente forçado a crescer. Repetições forçadas tendem a deixar o atleta muito cansado, podendo não conseguir concluir sua série e assim fazendo com que algum colega de treino precise correr pra ajudá-lo.

  1. Treinando demais

    Como um overtraining (sobre-treino, além do necessário) prejudica o atleta? Isso prejudica como um todo tanto em força quanto em condicionamento físico. E pode também interferir tanto nos músculos quanto na habilidade de recuperação do sistema nervoso – ATF (Adenosina Tri-Fosfato, energia composta nas células) e Glicogênio estocado é esgotado quando o metabolismo acelerado está presente. Nessa situação de esgotamento, de enfraquecimento, se o atleta ainda insistir em tentar levantar grandes pesos ele poderá se machucar. A solução para esse problema é cortar o ritmo de treino para 3 a 4 dias por semana e com um tempo de duração de no máximo uma hora.

  1. Sem alongamento

    Alongamento é diferente de aquecimento. Se feito corretamente, o alongamento pode relaxar e preparar o músculo após o aquecimento, e antes e depois do treino com pesos. Como resultado do aquecimento e alongamento, o músculo fica relaxado e aquecido, e neurologicamente alerta – e mais resistente a lesões musculares. Pra completar, um pouco de alongamento espaçado entre os exercícios no treino melhoram a circulação nos músculos, permitindo um melhor trabalho muscular. Finalmente, se você fizer alongamentos musculares específicos ao final do seu treino, você previne possíveis dores no dia seguinte.

  1. Aquecimento inadequado

    Vamos definir nossos termos. Aquecimento é geralmente um treino leve, de baixa intensidade, para aumentar a circulação sanguínea. Sendo assim, movimentos leves aumentam a temperatura do músculo envolvido enquanto diminui a viscosidade do sangue e promove flexibilidade e mobilidade. Todo mundo sabe que um músculo aquecido com sangue circulando nele é mais elástico que um músculo frio. Andar de bicicleta, nadar, correr e mais outras atividades como essas são recomendadas para aquecimento.

Comece seu treino com uns 5 a 10 minutos de treino leve antes de se alongar. Se preferir aquecer-se usando levantamento de peso, faça uma série de 25 para cada exercício usando um peso super leve e sem descanso entre os exercícios. Esse treino leve pode ser concluído em menos de 5 minutos e pode aquecer todos os músculos.

  1. Treino negativo

    Treino Negativo (Excêntrico; ou “invertido”) é um dos mais difíceis e perigosos de todos os treinos com peso – porém excelentes para estimular o crescimento muscular. O que faz do treino negativo tão arriscado? O peso que você pode levantar nos exercícios negativos pode ser mais pesado do que você pode imaginar, pois a dificuldade é maior.

  1. Treino pobre

    Se você não se alimenta corretamente e treina pesado, você vai acabar se machucando. Isso se reflete à sua saúde de maneira geral. Sempre antes de um treino o atleta deve se alimentar bem. Se a pessoa estiver fazendo um treino para queimar gordura e estiver de dieta, o ideal é evitar os treinos intensos e pegar leve.

  1. Falta de concentração

    Se você está distraído, preocupado ou desanimado ao treinar, você está fazendo um convite às lesões. Veja um fisiculturistatreinando e o que você perceberá é que eles têm um nível alto de concentração. Uma melhor concentração significa mais peso a suportar. Maior o peso treinando corretamente significa maior crescimento muscular. Peso demais sem concentração não funciona, é certeza de lesões musculares. Seja esperto, e treine corretamente.

Autor: Por Marty Gallagher | Fonte: Muscle & Fitness

  Sessão: