Na pré-menopausa o exercício físico é muito importante para a saúde da mulher

Na pré-menopausa o exercício físico é muito importante para a saúde da mulher
outubro 20 17:15 2015
A prática de exercícios físicos é fundamental para todas idades mas. na pré menopausa é um compromisso com a vida saudável.
A medida que envelhecemos ganhamos experiência mas, em compensação, começamos a sofrer transformações físicas e fisiológicas cuja velocidade é determinada por fatores genéticos e, principalmente, pelo nosso estilo de vida. No caso das mulheres, a pré menopausa é a fase que começa a diminuir a produção do principal hormônio feminino e aparecer sintomas desagradáveis. Ondas de calor,irritabilidade, ansiedade, depressão, calafrios e menstruação irregular são transtornos indesejáveis que acompanham as mulheres e que, dependendo da avaliação do médico, também podem ser aliviados com a inclusão dos exercícios físicos na rotina de vida.
premenopausa-1
Principalmente na pós menopausa, com o aumento do risco de ataque cardíaco e do aparecimento da osteoporose, doenças que exigem mudanças nos hábitos de vida. Nunca é demais repetir que parar de fumar, controlar o peso, a diabetes, a hipertensão e fazer exercícios físicos regulares são medidas inadiáveis quando o assunto é prevenção. Infelizmente nem todas as mulheres encontram motivação e disciplina para enfrentar as mudanças sugeridas e não são muitas aquelas que deixaram de ser sedentárias para atender a recomendação domédico.
Estudo que fizemos na Fitcor e que apresentamos no II Fórum de Debates sobre a Mulher & Esporte,Mitos e Verdades, realizado na Escola de Educação Física e Esporte da USP, analisou a participação da mulher em programa de condicionamento físico especializado durante 24 anos. De 1972 a 1996, quinhentos e vinte e sete mulheres, dos dezesseis aos oitenta anos de idade, após passarem pelo consultório médico e atenderem a indicação do exercício físico , foram acompanhadas do início até o afastamento do programa de treinamento.
Os resultados mostraram que, até os quarenta e cinco anos de idade, o número de mulheres que iniciam o programa de exercícios físicos é crescente mas, a partir daí começa a diminuir significativamente a presença feminina em academias especializadas. Outro aspecto importante revelado pelo estudo foi o aumento do número de mulheres com problemas de hipertensão a partir dos 36 anos e de problemas circulatórios após os cinqüenta, fase que coincidiu com o declínio das adesões ao treinamento. Mesmo considerando a particularidade do estudo, realizado em uma academia especializada em prevenção e reabilitação cardíaca, os resultados apenas confirmam a tendência de comportamento sedentário na fase da vida que a atividadefísica é imprescindível para a saúde e bem estarda mulher.
Texto apresentado no programa Jornal de Serviços da Rádio Jovem Pan AM pelo prof. Cortez.

	
						

																				
  Sessão: