Hipotensão pós exercício: mecanismos e influências do exercício físico

julho 09 20:30 2015

Imediatamente após um período de exercício físico dinâmico, a pressão arterial diminui para níveis inferiores aos observados pré-exercício. Foi observado em indivíduos hipertensos, resposta de hipotensão pós-exercício de 11 mmHg e 4 mmHg para as pressões arteriais sistólica e diastólica, respectivamente , mas não verificaram reduções significantes nos indivíduos normotensos.

Com relação ao efeito da intensidade do exercício foi verificado em hipertensos idosos, que o exercício físico mais intenso (70% do consumo pico de oxigênio) provocava diminuição da pressão arterial maior que uma sessão menos intensa (40% do consumo pico de oxigênio).

As respostas de pressão arterial, freqüência cardíaca e resistência vascular periférica pós-exercício não apresentam sempre um padrão coerente ao esperado pelo controle barorreflexo. Dessa forma, torna-se importante verificar o efeito do exercício físico no controle barorreflexo cardiopulmonar. Foi observado que após uma sessão aguda de exercício físico, ocorre diminuição da atividade nervosa simpática muscular com diminuição concomitante da resistência vascular periférica. Isto indica alteração no controle barorreflexo arterial, pois o fluxo simpático está diminuído para um nível de pressão arterial idêntico.

Portanto, estas modificações na sensibilidade dos barorreceptores arteriais estão relacionados a mecanismos neurais e vasculares. Com isso, pode-se notar que a hipotensão pós-exercício pode ser influenciada por diversos mecanismos, sendo que os mesmos ainda necessitam de maiores investigações, por isso o intuito da realização dessa revisão.

  Sessão:
escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda!

comente primeiro...

Only registered users can comment.