Comparações hemodinâmicas obtidas em teste de esforço máximo realizados em bicicleta vertical e horizontal.

julho 09 20:11 2015

O objetivo deste trabalho foi comparar as respostas hemodinâmicas para teste de esforço realizado em ciclo ergômetro horizontal e vertical. O estudo caracterizou-se como pré-experimental, verificando as variáveis consumo de oxigênio (VO2), freqüência cardíaca (FC) e pressão arterial (PA).

A amostra foi composta por 09 indivíduos, mulheres, ativas, idade média de 22 anos ±3,74, peso médio de 55,4 kg ±4,88, estatura média de 1.67 m ±0,06, IMC médio 19,9 kg/cm2 ± 2,21, percentual de gordura corporal médio de 19,5% ± 6,32, que não faziam uso de medicamentos. O tempo médio de duração do teste na bicicleta vertical foi de 9,7 min ±1,79 e na horizontal de 10,2 min ±1,09, com incremento de carga de 20 W/minuto.

Os valores médios para VO2máx relativo foram de 45,7 ml.kg.min-1 para ciclo vertical e de 47,6 ml.kg.min-1 para horizontal. A média para bicicleta vertical de FC máxima foi 177 bpm enquanto na horizontal a média encontrada foi 175 bpm.
Os indivíduos atingiram em média 88% da FC prevista para a idade em ambos os testes. Com relação a PA, na vertical, a média encontrada foi de 135 mmHg para sistólica e 66 mmHg para diastólica enquanto que na horizontal as médias foram 148mmHg e 71 mmHg respectivamente. A média da carga máxima atingida no teste vertical foi de 195 watts, na horizontal 202 watts.

Conclui-se que os testes realizados para avaliação do VO2max resultaram em valores equivalentes para ambos ciclo ergômetros. Porém, existem diferenças significativas (teste-t (p<0,05)) para as variáveis PA e FC.

  Sessão:
escreva um comentário

Nenhum comentário

Nenhum comentário ainda!

comente primeiro...

Only registered users can comment.